Tecnologia do Blogger.
RSS

A convivência - PARTE 3

PARTE 1: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/a-convivencia.html
PARTE 2: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/a-convivencia-parte-2.html


     Inês se mantém parada ao lado de Manu que agora está se debulhando em lágrimas. Sem entender nada, Abigobaldo chega perto da menina visivelmente descontrolada e é surpreendido por um grito estérico que o faz recuar.
- Você está vivo! – diz Manu aos prantos, e se joga nos braços do menino que ela já suspeitava estar morto.
     Em segundos, sua mãe ao ouvir os berros entra no consultório desesperada, deparando-se  com o menino que para sua surpresa é idêntico a Luan, o amigo, até então hospitalizado de Manuela.
- Como isso foi acontecer? Ontem mesmo você estava de cama! - Indaga a mãe de Manuela, pressionando o braço de Inês com toda força. As três começam a ouvir um burburinho se formando por todos os lados do consultório.
     Abigobaldo percebe que esse encontro repentino começa a sair do controle, rapidamente ele começa a explicar para Manuela e sua mãe que tudo não passa de um engano, diante delas não está Luan e sim seu irmão gêmeo, recém chegado de Xerém aonde foi criado com seus avós paternos. Sem contestar, ele conta com detalhes como foi difícil a perda do irmão que acabara de morrer sem saber da sua existência. O que faz com que Manuela se desespere pois é nesse exato momento que ela descobre que seu único amigo, de fato está morto.


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário