Tecnologia do Blogger.
RSS

E o respeito? - PARTE 6

PARTE 1: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/e-o-respeito.html
PARTE 2: http://www.ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/e-o-respeito-parte-2.html
PARTE 3: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/e-o-respeito-parte-3.html
PARTE 4: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/e-o-respeito-parte-4.html
PARTE 5: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/e-o-respeito-parte-5.html

     Percebendo que não conseguiria sair daquela situação, comecei a retirar meu celular do bolso para entregar aos ladrões. Foi quando de repente ouço em grito:
- EI, VOCÊS DOIS! O QUE ESTÃO FAZENDO?
     Era ele, e por um momento achei que estava salvo, por um momento achei que não aconteceria nada... mas eu estava errado, o bandido, com medo e pelo susto que tomou com o grito, virou rápido, atirou nele e fugiu. Fui até ele e vi que o tiro tinha pego em sua barriga e sangrava muito, tentei parar o sangramento com a mão, quando o ouvi dizer quase sussurrando:
- Não me deixe aqui.
- Claro que não. - Respondi rapidamente e com as mãos cheias de sangue peguei meu celular e liguei para a emergência.
      Fiquei ali, com as mãos no ferimento, esperando a ambulância, por cerca de meia hora. Eu sabia que ele não morreriam, mas estava muito preocupado pois ele me disse que não sentia as pernas.
      Já cansado de esperar, ouço de longe as sirenes. Chegando ao local os médicos nos levaram, eu disse que era seu irmão para poder ir junto com ele dentro da ambulância, já havia prometido que não o deixaria.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário