Tecnologia do Blogger.
RSS

Memories - PARTE 4

PARTE 1: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/memories.html
PARTE 2: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/memories-parte-2.html
PARTE 3: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/memories-parte-3.html

     Harry estava confuso, havia em tão pouco tempo acontecido tanta coisa.  Passaram-se alguns dias e a vida de Harry estava monótona e apenas pensara naqueles que poderiam causar algum mal a sua amada. Naquela manha, havia uma mensagem em seu celular, de um numero que ele não tinha em sua agenda, e nela estava escrito: “ Harry, algumas coisas acontecem em nossas vidas não como males, mas como um novo renascer, as coisas estão difíceis pra você, eu enxergo isso de longe, pois mesmo sem você saber, sou seu anjo. ”  Ao ler a mensagem, começou a imaginar quem poderia ter mandado aquilo, ele sabia que dentro de seu coração não conseguia aceitar a morte de Emma, e por mais que tentasse, estava preso aquele sentimento. Estava preso àquele amor.
      Batiam em sua porta, depois daquela manha turbinada de pensamentos e imaginações, ele não queria encontrar com ninguém, mas como educação, foi averiguar e ver quem estaria o perturbando. Ao abrir, não escondeu sua cara de surpresa, ele Armando, que estava com os olhos vermelhos, e inchados de tanto que estava chorando, de cabeça baixa e rosto sofrido, Armando abraçou Harry.
       Harry como bom anfitrião, pediu para que ele entrasse, o sentou em seu sofá, e deu-lhe uma xícara de chocolate quente, e ao ver que ele estava se acalmando o perguntou o que aconteceu, e ele respondeu:
- Eu não devia estar aqui, você é a ultima pessoa que iria me escutar, até por que nos nunca nos demos muito bem, mas é a única que pode me entender. Hoje de manha, Felipa e eu estávamos na faculdade, como um dia normal, ela não quis carona, pois ia encontrar com a irmã em Oxford. Quando recebi uma ligação, e nela me pedia para retornar a UC. Ao chegar lá me deparo com Felipa, presa nos portões da escola, esfaqueada e com os olhos costurados. No mesmo estante que a vi daquela forma, me lembrei de Emma,e comecei a imaginar que a pessoa que fez isso com Fel, deve ser a mesma que fez com Emma.
      Harry ficou em choque, não conseguia fazer nada, olhava para o abismo, não mexia sequer uma parte de seu corpo, se não fora Armando e Felipa, quem havia matado Emma? E quem era o tal anjo citado em seu celular?  Chegará a hora de dois inimigos se unirem para descobrir quem estava fazendo isso?



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário