Tecnologia do Blogger.
RSS

Memories

    E mesmo depois de muitos meses, aquela imagem não saia da cabeça de Harry: sua amada esfaqueada, com os olhos costurados e enforcada na árvore mais bonita de Cambridge. Quem poderia ter feito uma maldade dessas com a menina mais doce e meiga da faculdade? Logo Emma, conhecida por todos pela sua simpatia e seu jeito alegre de ser... Como algum ser humano horrível tivera coragem de fazer aquilo com sua Emma?
    As lágrimas escorriam pelo rosto do garoto ao lembrar de todos os momentos felizes passados ao lado da falecida namorada. Todas as brincadeiras, idas a festas, shoppings ou apenas a casa um do outro, todos os beijos, carícias e noites passados juntos. E logo após, lembra novamente da garota de olhar singelo e puro pendurada naquela árvore.
    Harry levanta da cama e caminha até a janela enquanto respira fundo e seca as lágrimas que o molhavam. Ele estava determinado a descobrir quem fora o sem coração que fizera aquilo com Emma, nem que ele tivesse que vasculhar cada habitante daquela miserável cidade. E quando ele descobrisse, ia ter o mesmo sangue frio que o monstro que matou Emma.


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário