Tecnologia do Blogger.
RSS

Sangue - PARTE 4

PARTE 1: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/sangue.html
PARTE 2: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/sangue-parte-2.html
PARTE 3: http://ashistoriasaleatorias.blogspot.com.br/2013/09/sangue-parte-3.html


        Com Murilo preso na cadeia, Maria fica extremamente raivosa e violenta, resolvendo assim descontar seu ódio em pessoas inocentes. Ela saiu de madrugada para poder assassinar sua antiga amiga Paola, que se encontrava no celeiro, atrás de sua casa. Chegando lá viu sua amiga com seus três filhos e seu marido realizando uma festa com alguns moradores locais. Para se ver mais tranquila, ela fechou a porta do celeiro e incendiou fazendo todos serem queimados. Quando ela ouviu os gritos, começou a dar uma risada, fechando o tempo e sentindo a presença mais forte do demônio que estava em seu corpo.
        Depois da chacina, às 3 horas da manhã, havia uma criança perdida vagando pelas ruas pronta para ser a próxima vítima de Maria.
Maria, endemoniada, pegou a criança e levou para o cemitério. Chegando lá foi para uma parte mais afastada e começou a realizar culto ao satã, fazendo assim o seu demônio Acheropita se manifestar em seu corpo. Logo depois disso, Maria pegou a criança e colocou em cima do túmulo começando a agredi-la fisicamente e violentamente, finalizando com a degolação oferecendo ao diabo.
        Após sua ação, Maria se sentiu mais forte e foi correndo para a prisão salvar seu filho Murilo. Chegando na cadeia ela pediu para o guarda da prisão, que era o único que estava fazendo a ronda da noite, para ver o filho. Quando o pedido foi negado, ela incorporou e apenas tocou no guarda, fazendo-o desmaiar e conseguindo assim, libertar seu filho.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário