Tecnologia do Blogger.
RSS

Experiência monstruosa

        Em  uma cidade, havia se espalhado uma doença muito grave. Os cientistas tentaram diversas vezes achar a cura, mas todas as tentativas falharam e não obtiveram o resultado esperado. Então, eles descobriram que não estava dando certo fazer experimentos com animais, e começaram a testar com humanos, e para isso chamaram pessoas com a doença. Os cientistas prometeram curá-los e pagar uma ótima quantia em dinheiro(não era verdade, pois os cientistas sabiam - ou acharam - que todos que fariam os testes morreriam).
         No dia seguinte, todos aceitaram e chegaram cedo no laboratório para começar as experiências. Logo as pessoas que receberam as injeções com as fórmulas de cura, mudaram seus comportamentos: uns começaram a ter desejo de comer carne humana e outros começaram a desejar sangue, em um grupo algo muito estranho aconteceu e começaram a nascer asas nas pessoas. Elas ficavam com raiva a toa e tiveram que ser trancados em salas para que não machucassem os cientistas e os outros parceiros. Esses “cobaias” começaram a se transformar, ou seja, os cientistas tinham errado em algo. Eles começaram a virar bichos com asas, assustadores. Conseguiram fugir matando os cientistas, e em busca de comida estavam indo para a cidade.
       Dentre os monstros, havia um que era bom. Todos escolhiam suas vítimas e eles podiam voltar a forma humana quando quisessem, mas tendo a forma de monstro era mais fácil de conseguir capturar as pessoas. Só que o monstro bom não queria que isso acontecesse, ele recusou-se a tentar matar pessoas: só comia animais. Só que quando ele viu e sentiu o cheiro de um humano, não resistiu, atacou e acabou viciando-se. Mas no dia seguinte, ele viu uma garota bem bonita e que chamou bastante a sua atenção. No início, ele queria matá-la, porém depois de encurralá-la, ele viu em seus olhos a leveza , o medo e se apaixonou... afinal, ele ainda era meio humano.
      Teve um pressentimento, sentiu a obrigação de cuidar dela, não deixar que nada acontecesse a ela. Ela teve muito medo no início, eles foram se conhecendo aos poucos, mas ela não confiava nele e mantinha um pé na frente e outro atrás. Com mais tempo de convivência, eles foram se aproximando e isso tudo em meio ao caos de monstros matando humanos e a doença grave. Nesse momento, nada mais os separava, mas o pai da menina, a família, amigos e pessoas com medo resolveram acabar com os monstros.  Formaram um grupo de caçadores e os mais inteligentes( que entendem de ciência ) começaram a tentar achar uma cura (mas o que eles não sabiam é que os cientistas tinham feito uma última experiência e não havia tempo de  aplicar nos pacientes...).
      Então, a menina foi se apaixonando por ele, mesmo sabendo que ele era um monstro. Ela sabia que seu amor era mais forte, eles sabiam que tinham que tomar cuidado com os “caçadores” e, felizmente os monstros estavam quase todos mortos. Eles continuaram, até que um dia os dois deram seu primeiro beijo, e depois de uns meses a menina ficou grávida. Seu pai quando soube, castigou a filha por ter um bebê de um monstro, e a matou junto com seu bebê. Então seu amado com raiva, virou do mal e tentou matar a todos. Por sorte, os “mais espertos” acharam a cura, assim aplicando em todos os que tinham a doença, mesmo assim ele não desistiu e matou o pai e toda a família que havia julgado a menina e depois de cumprir sua missão, ele se matou também.

AUTORES: Yasmim Marins e Arthur Carvalho

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário